Experiência americana com micobactérias em debate

06-04-2011 11:12

O cenário epidemiológico das micobactérias não tuberculosas (MNTB) nos Estados Unidos é o tema da palestra que será proferida pela pesquisadora Rebecca Prevots, dos Institutos Nacionais de Saúde (NIH) dos Estados Unidos nesta quarta-feira (23/3), às 11h, no auditório do Centro de Referência Professor Hélio Fraga, vinculado à Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz). A vinda da pesquisadora ao Brasil ocorre por conta de uma visita técnico-científica cujo objetivo é o estabelecimento de um acordo de cooperação entre as instituições. Rebecca Prevots analisará a experiência da unidade ambulatorial do Centro e conhecerá o banco de dados do sistema TBMR, que contém informações sobre todos os casos notificados de tuberculose resistente no país. A palestra é aberta a todos os interessados e não é necessária inscrição prévia.

 

Reconhecido como um dos órgãos de maior produção e prestígio nessa área, os Institutos Nacionais de Saúde (NIH) são uma agência vinculada ao Departamento de Saúde dos Estados Unidos - que equivale ao Ministério da Saúde -, desempenhando um papel relevante em ações de apoio a descobertas científicas que estimulem o progresso na área de saúde, além de conduzir pesquisas para o tratamento e a prevenção de doenças imunológicas, infecciosas e alérgicas. Por mais de 60 anos, o Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (Niaid), unidade integrante do NIH, contribui desenvolvendo novas terapias, vacinas, testes de diagnósticos e outras tecnologias.

 

Rebecca Prevots tem numerosas publicações na área da pneumologia, em especial na tuberculose e apresentará um dos seus trabalhos no Centro de Referência Professor Hélio Fraga. O auditório do Centro Hélio Fraga fica na Estrada da Curicica 2.000, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Mais informações pelo e-mail crphf[@]ensp.fiocruz.br.

Fonte: http://www.fiocruz.br/ccs/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=3867&sid=9

Autor(a)/Créditos: Agência Fiocruz